07 JUN 2019 PUBLICAÇÃO

Aniversário de 32 Anos da Dedicação da Catedral

Pela manhã de hoje dia (07), recebemos uma carta por e-mail dirigida em belas palavras pelo Seminarista Pedro Paulo, explicando o Significado da CATEDRAL e a Alegria pelo dia de hoje, no qual celebramos os 32 Anos de dedicação da Catedral do Divino Espírito Santo. Abaixo o Texto: 

“Igreja Santa, Templo do Senhor

Glória a Ti, Igreja Santa, ó cidade dos Cristãos

Que Teus filhos hoje e sempre vivam todos como irmãos”!


Glórias sejam entoadas a Santa Igreja, mãe e mestra! Ainda mais no dia de hoje, em que celebramos a Solenidade da Dedicação de nossa Catedral do Divino Espírito Santo. Já se passaram 32 anos de sua dedicação! Quantas graças recebidas neste templo santo. Sendo a Igreja Catedral aquela em que se situa a Cátedra do bispo diocesano, signo do magistério episcopal e do múnus pastoral de uma igreja particular (diocese), esta possuí singularmente uma dignidade especial diante das demais igrejas diocesanas. A Igreja Catedral evoca a unidade dos fiéis, em torno de seu pastor o bispo diocesano e por sua distinção é o centro da vida litúrgica da diocese. Mãe das demais igrejas, este templo majestoso, que prefigura a Jerusalém celeste, deve ser amado com devoção filial e espírito de pertença a comunhão diocesana. Nele devemos suplicar a Graça divina a fim de alcançarmos a caridade perfeita, tendo pois a consciência de que ele expressa a construção espiritual edificada em nossas almas. Aos 07 dias do mês de junho do ano de 1987, Domingo de Pentecostes às 9h30, o então digníssimo bispo diocesano de Umuarama – PR, Dom José Maria Maimone, SAC presidiu o Santo Sacrifício eucarístico no qual dedicou-se nossa amada Igreja Catedral a Majestade divina, sob a proteção de nosso padroeiro o Divino Espírito Santo. Os registros históricos nos legam a presença dos excelentíssimos bispos do norte do Paraná, de numerosos padres, diáconos, seminaristas e religiosos e religiosas, além de uma multidão de fiéis pronta para aprender a amar com dileta veneração a nova igreja. Desta ocasião já se sucederam 32 anos de graças, manifestadas por meio de incontáveis celebrações, sacramentos e encontros entre nossa fragilidade humana e o infinito e inesgotável amor de Deus. Com alegria me orgulho ser filho desta igreja. Nela no dia 21/10/2001 renasci pelas águas do batismo, pelas mãos do Revmo. Pe. Sérgio Lima Pimentel, no dia 12/10/2011 pelo Santo Sacrifício oferecido pelo Revmo. Pe. Jailson João da Silva, tomei pela primeira vez a Santíssima Eucaristia, e no dia 08/06/2014 diante do Exmo. e Revmo. Dom Frei João Mamede Filho, Ofm conv. recebi o sacramento da confirmação. Ó doce e amada mãe e mestra, em vossas paredes dei os primeiros passos na fé e muitas vezes encontrei alento ante minhas indecisões. Louvado seja nosso bom Deus, por todo bem que verteu deste lugar santo em que nós encontramos com sua misericórdia. Viva! Muitos e muitos anos de graças a este templo único, majestoso e tão querido por todos nós! 


Maringá, 07 de Junho de 2019. 



Texto: Seminarista Pedro Paulo 

Publicação/Arte: Maycon Dougllas - Secretário Pastoral e Comunicação Paroquial. 

Compartilhe esta publicação
Nossas redes sociais
Top